As glândulas paratireóides são estruturas localizadas geralmente adjacentes à glândula tireóide e são responsáveis pela produção do hormônio chamado paratormônio ( PTH ) , o qual atua no controle do metabolismo do íon cálcio em nosso organismo.

A medicina nuclear se faz presente na avaliação de alterações da fisiologia destas glândulas através do estudo cintilográfico das paratireóides , o qual consiste na administração injetável de uma pequena quantidade de traçador radioativo. ( geralmente em veia periférica do antebraço ) e posterior aquisição de imagens iniciais e tardias das regiões cervical e torácica ( após 10 minutos e 2 a 4 horas respectivamente ) .

Cada etapa do procedimento dura em média 15 minutos , estando o paciente livre para seus compromissos rotineiros durante o intervalo .
A necessidade de realização de imagens adicionais será avaliada pelo médico nuclear ao final das imagens tardias.
O Estudo ainda pode ser complementado com a cintilografia da tireóide em casos específicos ou na suspeita de existência de nódulos tireoidianos, aumentando desta forma a especificidade do método.

 

Baixar Formulário